12 pontos da INFE Arménia na INFE Poll sobre a Eurovisão 2021 para a canção do Chipre
Créditos da imagem: Panos Giannakopoulos

12 pontos da INFE Arménia na INFE Poll sobre a Eurovisão 2021 para a canção do Chipre

03/05/2021 0 Por Bernardo Matias

A canção do Chipre foi a mais votada pela INFE Arménia, no seu top dez para a INFE Poll acerca do Festival Eurovisão da Canção (ESC) 2021.

El Diablo, cantado por Elena Tsagrinou reuniu as preferências do clube arménio, ficando na frente das propostas de São Marino (Adrenalina, de Senhit) e de França (Voilà de Barbara Pravi) nos lugares de pódio. Ainda não foi desta que surgiram os primeiros pontos para a canção de Portugal e dos The Black MambaLove is on My Side.

A liderança da classificação continua a ser da Suíça, com Gjon’s Tears Tout l’Univers. Porém, a vantagem foi encurtada para 40 pontos face a São Marino, que continua em segundo lugar.

(Votações e classificação geral depois do vídeo)

 

Votação da INFE Arménia

1.º Chipre: Elena Tsagrinou – El Diablo (12 pontos)
2.º São Marino: Senhit – Adrenalina (10 pontos)
3.º França: Barbara Pravi – Voilà (8 pontos)
4.º Malta: Destiny – Je Me Casse (7 pontos)
5.º Rússia: Manizha – Russian Woman (6 pontos)
6.º Itália: Måneskin – Zitti e buoni (5 pontos)
7.º Roménia: Roxen – Amnesia (4 pontos)
8.º Suíça: Gjon’s Tears – Tout l’Univers (3 pontos)
9.º Lituânia: The Roop – Discoteque (2 pontos)
10.º Sérvia: Hurricane – Loco Loco (1 ponto)

Classificação geral depois de dez de 14 de 22 votações

1.º Suíça: Gjon’s Tears – Tout l’Univers (121 pontos)
2.º São Marino: Senhit – Adrenalina (81 pontos)
3.º Malta: Destiny – Je Me Casse (71 pontos)
4.º França: Barbara Pravi – Voilà (68 pontos)
5.º Lituânia: The Roop – Discoteque (62 pontos)
6.º Chipre: Elena Tsagrinou – El Diablo (54 pontos)
7.º Azerbaijão: Efendi – Mata Hari (42 pontos)
8.º Grécia: Stefania – Last Dance (40 pontos)
8.º Roménia: Roxen – Amnesia (40 pontos)
10.º Rússia: Manizha – Russian Woman (30 pontos)
11.º Ucrânia: Go_A – Shum (29 pontos)
12.º Finlândia: Blind Channel – Dark Side (28 pontos)
13.º Bulgária: VICTORIA – Growing up is Getting Old (22 pontos)
14.º Noruega: TIX – Fallen Angel (20 pontos)
15.º Suécia: Tusse – Voices (20 pontos)
16.º Itália: Måneskin – Zitti e buoni (12 pontos)
17.º Estónia: Uku Suviste – The Lucky One (17 pontos)
18.º Croácia: Albina – Tick-Tock (14 pontos)
18.º Dinamarca: Fyr og Flamme – Øve os på hinanden‎ (14 pontos)
20.º Sérvia: Hurricane – Loco Loco (12 pontos)
21.º Albânia: Anxhela Peristeri – Karma (11 pontos)
22.º Alemanha: Jendrik – I Don’t Feel Hate (7 pontos)
23.º Eslovénia: Ana Soklič – Amen (6 pontos)
23.º Polónia: RAFAŁ – The Ride (6 pontos)
23.º Israel: Eden Alene – Set Me Free (6 pontos)
23.º Irlanda: Lesley Roy – Maps (4 pontos)
27.º Moldávia: Natalia Gordienko – Sugar (5 pontos)
27.º Islândia: Daði og Gagnamagnið – 10 Years (5 pontos)
27.º Austrália: Montaigne – Technicolour (5 pontos)
30.º Austrália: Montaigne – Technicolour (3 pontos)
30.º Bélgica: Hooverphonic – The Wrong Place (3 pontos)
30.º Reino Unido: James Newman – Embers (3 pontos)
33.º República Checa: Benny Cristo – Omaga (2 pontos)
34.º Espanha: Blas Cantó – Voy a quedarme (1 ponto)

Partilhar o artigo: