A reação da RTVE às críticas à participação de Espanha na Eurovisão 2021
Créditos da imagem: EBU/Thomas Hanses

A reação da RTVE às críticas à participação de Espanha na Eurovisão 2021

29/06/2021 0 Por Bernardo Matias

Pouco mais de um mês depois, a emissora RTVE reagiu às críticas sobre a participação de Espanha no Festival Eurovisão da Canção (ESC) 2021. Blas Cantó e o tema Voy a quedarme ficaram na 24.ª posição da final com seis pontos, vindos apenas de dois júris nacionais (Bulgária e Grã-Bretanha).

A participação custou 457 mil euros à RTVE e foi muito criticada depois do resultado muito modesto. Agora, a diretora de entretenimento Toñi Prieto reagiu no programa RTVE Responde:

– Como RTVE, colocamos toda a nossa experiência e todo o nosso esforço para que tanto o intérprete, como as canções, sejam de qualidade. A seleção faz-se com o consenso do artista e convocam-se diferentes autores para comporem diversas canções para o Festival. Este ano, colocou-se aos telespectadores a possibilidade de escolher entre duas canções, e elegeram a que nos representou”.

Depois de garantir que a promoção do artista e canção tenta ser o mais ampla possível, Toñi Prieto falou da encenação também criticada por uma espectadora: “Discordo. Há vários anos que contratamos profissionais com uma grande trajetória internacional que desenham e levam a cabo a encenação. Estes diretores artísticos também são contratados por outros países da Europa e também realizam a sua candidatura”.

Partilhar o artigo: