À terceira, foi de vez: Triunfo de França e Valentina no JESC 2020
Créditos da imagem: Nathalie Guyon

À terceira, foi de vez: Triunfo de França e Valentina no JESC 2020

29/11/2020 0 Por Bernardo Matias

França, com Valentina e J’Imagine venceu esta tarde o Festival Eurovisão da Canção Júnior (JESC) 2020. A atuação francesa foi a mais pontuada pelo júri e pelo televoto, confirmando o estatuto de uma das favoritas. É a vitória à terceira tentativa desde o regresso, depois dos fortes resultados em 2018 e 2019.

 

O resumo do espetáculo

O espetáculo começou com Viki Gabor a cantar o tema vencedor do ano passado, Superhero acompanhada de vários dançarinos no palco em Varsóvia dando depois as boas-vindas ao JESC 2020.

 

O desfile das bandeiras foi diferente do habitual, com os concorrentes a apresentarem-se a partir dos próprios países no idioma de origem em locais emblemáticos.

 

  • Alemanha 🇩🇪: Susan, Stronger With You

Susan apresentou-se num vídeo gravado na Alemanha incluindo as Portas de Brandemburgo em Berlim e a profissão de médico foi destacada, com o presente entregue pela concorrente. A interpretar Stronger With You, tem um background que alterna entre as cores quentes e as cores frias, com imagens de florestas em destaque.

 

  • Cazaquistão 🇰🇿: Karakat Bashanova: Forever

Em destaque no postcard do Cazaquistão esteve a cidade anfitriã do JESC, Varsóvia, bem como a profissão de engenheiro. Karakat Bashanova surgiu em palco com um grande vestido e as montanhas no seu ecrã LED de fundo. Forever é uma das canções marcantes do certame e numa segunda fase vêem-se imagens de um progenitor a segurar o seu filho no ecrã. Visivelmente emocionada, Karakat não esmorece. No fim, surgem umas asas do seu vestido, acabando a atuação com um coração projetado no vestido.

  • Países Baixos 🇳🇱: Unity, Best Friends

Para os Países Baixos foi escolhida a profissão de maquinista de elétrico no postcard. As Unity interpretaram Best Friends com um cenário a alternar entre a cidade, o planeta e os campos de tulipas dos Países Baixos. Houve quatro provas (uma por cada integrante da girls band). O tema que mais se destacou nesta fase inicial pela melodia mais animada e atuação dinâmica.

  • Sérvia 🇷🇸: Petar Aničić, Heartbeat

Depois de um pequeno intervalo para passagem pelas ‘green room’ irtuais, entrou em palco Petar Aničić, da Sérvia. Foi um postcard filmado em Lodz, na Polónia, em que o concorrente entregou um presente a uma enfermeira. Começou a interpretação de Heartbeat, com um ‘background’ a alternar entre o sol e a Lua. Petar começou ao piano, levantando-se depois.

 

  • Bielorrússia 🇧🇾: Arina Pehtereva: Aliens

Destacada no postcard da Bielorrrússia esteve Gdansk e o ofício de professora, a quem foi entregue um ramo de flores pela concorrente Arina PehterevaAliens é uma das baladas fortes desta edição e emocionou, num cenário simples e escuro, com o planeta Terra no fundo e nas mãos de figurantes.

  • Polónia 🇵🇱: Ala Tracz, I’ll Be Standing

Seguiu-se a anfitriã Polónia, em que a cantora Ala Tracz entregou no postcard um presente a um… carteiro. A cantora interpretou I’ll Be Standing acompanhada de dançarinos reais e outros virtuais a surgirem no ecrã LED de fundo.

  • Geórgia 🇬🇪: Sandra Gadelia, You Are Not Alone

A abrir o terceiro segmento esteve a Geórgia, com Sandra Gadelia. No postcard entregou uma máscara a um farmacêutico. Apresentou-se em palco com o tema You Are Not Alone com uma indumentária floral e três dançarinos. O ecrã LED vai ganhando vida à medida que o tom da canção sobe.

  • Malta 🇲🇹: Chanel Monseigneur, Chasing Sunsets

Viajamos até Mazury com o postcard de Malta e de Chanel Monseigneur, que entrega balões a um lojista. A canção Chasing Sunsets é acompanhada de gráficos animados no ecrã LED, um pouco à semelhança de um dos vídeos oficiais do tema.

  • Rússia 🇷🇺: Sofia Feskova, My New Day

Moscovo, na Rússia, e Katowice, na Polónia, foram as cidades em destaque no postcard russo e da cantora Sofia Feskova. Esta entregou um quadro com o slogan do JESC, Move The World, a um bombeiro. A artista apresentou-se de vestido azul a interpretar My New Day. A realidade aumentada trouxe nuvens e outro gráficos ao palco, numa apresentação impactante e diferente.

  • Espanha 🇪🇸: Soleá, Palante

Szczecin é a cidade visitada pelo postcard de Espanha, com Soleá a acabar com a entrega de um ramo de flores a um agente da polícia. Atuação animada com o tema Palante, acompanhada de quatro dançarinos munidos de skate.

 

  • Ucrânia 🇺🇦: Oleksandr Balabanov, Vidkryvay (Open Up)

O penúltimo em palco foi Oleksandr Balabanov, da Ucrânia, com a cidade da Breslávia e a profissão de cientista em destaque. O cantor entrou em palco sozinho interpretando Vidkryvay (Open Up). Com o escuro do cenário contrasta a esfera luminosa que Oleksandr segura na sua mão esquerda, erguendo-a no pico da canção.

 

  • França 🇫🇷: Valentina, J’imagine

A fechar as atuações, Valentina, de França, em que no postcard foi a profissão de padeiro a ser destacada. J’Imagine tem um cenário doce e com gráficos animados, comprovando-se como um dos temas mais ‘júnior’ desta edição em linha com o que tem sido hábito França apresentar.

 

Depois de um primeiro ‘recap’ das canções na reabertura da votação, Viki Gabor, Roksana Węgiel e Duncan Laurence juntaram-se numa atuação especial com Arcade: a canção vencedora do Festival Eurovisão da Canção (ESC) do ano passado na voz de Duncan Laurence.

As canções foram recapituladas de novo e houve depois um número de dança em palco, antes de Alicja Szemplińska cantar a canção que levaria ao ESC deste ano pela Polónia, Empires.

As votações do público fecharam e deu-se a interpretação da ‘common song’, Move The World, em que a realidade aumentada juntou os concorrentes em palco.

Começou então a apresentação dos resultados dos júris nacionais, com a Alemanha a dar 12 pontos aos Países Baixos. França, Bielorrússia, Cazaquistão, Espanha e Países Baixos estiveram em melhor forma ao longo da votação, mas acabou por ser França a mais pontuada com apenas mais cinco pontos do que Cazaquistão.

Imagem: Captura de ecrã YouTube JESC

Tudo podia mudar com a votação do público online, com mais de quatro milhões de votos registados. Espanha assumiu o comando, antes de para lá passar o Cazaquistão. Tudo dependia da pontuação de França, a última a ser anunciada. Valentina somou  112 pontos e venceu o JESC 2020.

Votação do público:

1.º França: 112 pontos
2.º Espanha: 73 pontos
3.º Cazaquistão: 69 pontos
4.º Países Baixos: 64 pontos
5.º Bielorrússia: 57 pontos
6.º Ucrânia: 54 pontos
7.º Sérvia: 50 pontos
8.º Malta: 49 pontos
9.º Polónia: 44 pontos
10.º Rússia: 44 pontos
11.º Geórgia: 42 pontos
12.º Alemanha: 39 pontos

 

Resultados finais

1.º França: 200 pontos
2.º Cazaquistão: 152 pontos
3.º Espanha: 133 pontos
4.º Países Baixos: 132 pontos
5.º Bielorrússia: 130 pontos
6.º Géorgia 111 pontos
7.º Ucrânia: 106 pontos
8.º Malta: 100 pontos
9.º Polónia: 90 pontos
10.º Rússia: 88 pontos
11.º Sérvia: 85 pontos
12.º Alemanha: 66 pontos

Partilhar o artigo: