Amadeus pode estar a ponderar saída do Festival de Sanremo 2021
Imagem: Captura de ecrã RAI

Amadeus pode estar a ponderar saída do Festival de Sanremo 2021

28/01/2021 0 Por Bernardo Matias

A pouco mais de um mês das datas previstas (2 a 6 de março), o Festival de Sanremo 2021 pode ficar sem o seu diretor artístico e principal apresentador, Amadeus.

O Corriere della Sera, que cita rumores vindos de dentro da equipa responsável pelo certame de Itália, escreve que Amadeus está a considerar renunciar às suas responsabilidades.

Na origem da sua posição estão palavras do ministro da Cultura, Dario Franceschini, nas redes sociais, em que vinga que o público só poderá voltar ao Teatro Ariston – palco do Festival de Sanremo – quando a pandemia permitir.

Pode ler-se na publicação em causa: “O Teatro Ariston em Sanremo é um teatro como outro qualquer, e por isso, como o ministro [da Saúde] Roberto Speranza esclareceu, o público pagante, gratuito ou figurante, só poderá voltar quando as regras permitirem para todos os teatros e cinemas. Esperamos que o mais rapidamente possível”.

O facto de, ao que tudo indica, o certame não poder ter espectadores presentes no local será do profundo desagrado de Amadeus, ao ponto de considerar cessar a sua ligação à edição de 2021 do Festival de Sanremo. Em Itália, programas televisivos têm vindo a ter figurantes pagos, equiparados a atores.

Da parte da emissora RAI 1, esta terça-feira o diretor Stefano Coletta veio assegurar que o Festival de Sanremo se pode realizar ao ser um evento televisivo, garantindo a sua concretização com a maior segurança possível e todos os protocolos acordados com o município de Sanremo e as autoridades competentes.

Cabe recordar que o Festival de Sanremo 2021 dá ao seu vencedor o direito de representar Itália no Festival Eurovisão da Canção (ESC), mas para que tal se concretize terá de ser nas datas atualmente previstas ou na semana subsequente.

Partilhar o artigo: