Chipre só começará à procura do intérprete para o ESC 2021 em agosto; Eleni Foureira fora de hipótese
Créditos da imagem: EBU/Thomas Hanses

Chipre só começará à procura do intérprete para o ESC 2021 em agosto; Eleni Foureira fora de hipótese

26/07/2020 0 Por Bernardo Matias

A emissora CyBC já projeta a participação do Chipre no Festival Eurovisão da Canção (ESC) do ano que vem e uma coisa é certa: ao contrário de alguns rumores que têm surgido, Eleni Foureira não é opção.

Evi Papamichael, chefe de delegação, afirmou à revista TV Ethnos: “Estamos sempre abertos a considerar e ouvir qualquer proposta séria. Nos últimos anos temos trabalhado com grandes editoras gregas. A Grécia e o Chipre, como sabem, têm um mercado de edição e musical singular”.

Ainda que indiretamente, a responsável recusou a possibilidade de Eleni Foureira voltar ao ESC por Chipre em 2021, dizendo que não entende a fixação em torno do nome da cantora que é motivo de orgulho pelo segundo lugar conquistado em 2018 – mas que, frisa Evi Papamichael, foi produto de trabalho de equipa.

Sobre o artista a eleger para 2021, a chefe de delegação cipriota assegurou que ainda não existiram contactos, com os processos a começarem apenas no fim de agosto. Certo é que deverá ser um intérprete bem conhecido na Grécia e no Chipre, ou de origem cipriota, e que o diretor artístico será Marvin Dietmann.

Partilhar o artigo: