JESC JESC 2021

EBU quer esclarecimentos sobre alegado boicote emissora do Azerbaijão à Arménia no JESC 2021

EBU quer esclarecimentos sobre alegado boicote emissora do Azerbaijão à Arménia no JESC 2021 Créditos da imagem: Andres Putting/EBU

Festival Eurovisão da Canção Júnior (JESC) 2021 ficou negativamente marcado por um alegado boicote à atuação de Maléna e da Arménia por parte da emissora do Azerbaijão. A União Europeia de Radiodifusão (EBU) está a tomar conta do ocorrido.

O ESC Discord diz ter recebido um comunicado da EBU, em que a entidade assegura que “está a par deste assunto e atualmente está a procurar esclarecimentos do seu membro azeri İTV”.

Na mesma nota, a EBU salienta que o regulamento do JESC exige “tratamento justo, com respeito e igual de todos os participantes”, além de frisar o compromisso em assegurar o respeito dessas regras por parte de todos os concorrentes.

Recorde-se que em causa está o facto de, durante toda a atuação de Maléna – que viria a ser a vencedora – os comentadores da İTV terem falado em cima da canção impedindo de assistir, na prática, à atuação.

Tal poderia ser um mero incidente, não fosse o facto de a Arménia e do Azerbaijão estarem em conflito desde 1988 devido à região Nagorno-Karabakh – reconhecida internacionalmente como pertencente ao Azerbaijão, apesar da maioria étnica arménia. A escalada do conflito levou mesmo a Arménia a desistir do JESC 2020 e do Festival Eurovisão da Canção (ESC) 2021.

Partilhar o artigo:
Sobre o autor

Bernardo Matias

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *