Eleitos os primeiros finalistas do The Voice Kids
Imagem: RTP

Eleitos os primeiros finalistas do The Voice Kids

18/07/2022 0 Por Bernardo Matias

Começaram este domingo as galas ao vivo do The Voice Kids, conhecendo-se os primeiros quatro finalistas desta terceira edição do talent show.

Um candidato de cada equipa seguiu para a grande final, que será a 31 de julho. Deste modo, na próxima semana ficar-se-ão a conhecer todos os candidatos finalistas.

 

O resumo da gala

O início da gala foi ao som de A Minha Música, de José Cid, juntando todos os intérpretes a concurso nesta semana.

 

  • Íris Fernandes (Equipa Fernando Daniel): Eliminada
    • Canção interpretada: You Raise Me Up (de Josh Groban)
    • Situação: Eliminada
    • Declaração do mentor (Fernando Daniel): “Foi, sem dúvida, uma prestação sublime. Nada a apontar. A Íris estava super-nervosa. Acho que isso é também pelo facto de ter uma música muito difícil. […]. A Íris deve ter a música mais difícil de interpretar pela quantidade de técnica que é preciso ter para fazer isto desta forma. Mas não foi à toa que escolhi esta música, porque a Íris tem uma voz super poderosa. Não quero individualizar ninguém, mas a Íris é das concorrentes com uma postura vocal maior, ou seja: consegue ir daqui até lá acima com uma facilidade incrível, até super nervosa. Como vês, Íris, não havia motivos para isso. Tens todas as qualidades para estares aqui e para ires o mais longe possível neste programa. Confio muito em ti, obrigado por confiares em mim e nas minhas escolhas. Estiveste incrível”.

 

  • Martim Helena (Equipa Carlão): Apurado para a final
    • Canção interpretada: Meu Nome é Saudade (de Luís Trigacheiro)
    • Situação: Apurado para a final
    • Declaração do mentor (Carlão): “Isto é assunto sério. Foi a primeira coisa que disse quando ouvi a voz dele, foi amor à primeira audição. E cada vez mais acredito nisso, porque o Martim tem uma voz incrível. Mal abre a boca, encheu o estúdio. Tem uma capacidade incrível, tem muita facilidade em fazer isto. É mesmo natural; ele nos ensaios chega, com a guitarra, começa logo a tocar. É direto ao assunto e com uma facilidade, uma beleza nesta voz que é realmente um assunto sério. E eu, obviamente, estou muito contente. E depois é de uma família de músicos, a irmã também canta fado. E percebe-se muito rapidamente nas coisas que experimentámos e nas sugestões que ele… nós falámos à tarde e ele à noite mesmo que não conhecesse a música mandava logo um vídeo. É músico, é artista”.

 

  • Alice Fonseca (Equipa Bárbara Tinoco): Eliminada
    • Canção interpretada: Talvez (de Carolina de Deus)
    • Situação: Eliminada
    • Declaração da mentora (Bárbara Tinoco): “Na verdade, não mereço créditos nenhuns pelo que a Alice fez, no sentido em que… como a Alice é muito pequenina eu falava mais com a mãe e acho que ela um dia deve ter roubado o telefone da mãe. Mandei-lhe 70 canções e disse-lhe para ver se gostava de alguma. E ela própria mandou-me uma mensagem a dizer: «Olá, Bárbara, é a Alice, só queria dizer-te que queria que convencesses a produção que quero mesmo cantar esta». E eu convenci a produção. Gosto, ela é muito decidida, sabe muito bem aquilo que quer. A coisa que gostei mais da tua atuação foi a brincadeira da Cinderela, que tinha uma ironia – eu adoro ironia! E não estava à espera porque nos ensaios não fizeste. Então, fiquei mesmo surpreendida, estou mesmo muito orgulhosa. Estou orgulhosa porque és tão pequenina, já sabias o que querias fazer e tinhas tanta certeza, e ainda por cima tinhas toda a razão. Estou muito orgulhosa, muito orgulhosa”.

 

  • Rita Sales (Equipa Carolina Deslandes): Eliminada
    • Canção interpretada: The Show Must Go On (dos Queen)
    • Situação: Eliminada
    • Declaração da mentora (Carolina Deslandes): “Olha… nem consigo dizer que sou mentora dela; na verdade acho que ela é mentora de qualquer sala em que entra, de qualquer canção que decide cantar, de qualquer atuação a que se propõe. A mentora e a líder é ela. Ela, desde o primeiro momento, já tem ideia de luzes, cenário. Aquela cabeça é de uma criatividade inacreditável. Ela sabe o que quer ser, olhas para ela e percebes que tipo de artista que ela quer ser. Há uma diferença entre cantares canções dos outros num programa de televisão e em tomar conta das canções e dizeres: «Eu sou esta artista!». E tu és uma artista. Estou sem palavras, isto foi inacreditável. O reportório é uma canção da tua vida, que tu adoras, e defendeste com unhas e dentes. A tua atitude, a tua linguagem corporal, o teu look, toda tu! Tu és incrível e espero que tu inspires todas as crianças por este país fora que sentem que são artistas, que sentem que são artistas, que sentem que querem ter o cabelo à maneira delas, que se querem vestir à maneira delas. A partir do momento em que elas sentirem, que as inspires em serem livres e que as inspires a irem atrás das coisas com essa força a que tu vais. Tu és uma força da natureza e estou muito orgulhosa. É que orgulhosa nem sequer chega; estou histérica, apetece-me correr à volta deste estúdio!”.

 

  • Dinis Reis (Equipa Fernando Daniel): Eliminado
    • Canção interpretada: Chora, Carolina (de Roberto Carlos)
    • Situação: Eliminado
    • Declaração do mentor (Fernando Daniel): “Acho que ele é incrível, acho que ele teve uma prestação incrível. Esse palco mete medo a muita gente, nós próprios, mentores, de vez em quando comentamos uns com os outros no backstage que quando temos de atuar aí ficamos super nervosos porque é um palco que impõe respeito. Há aí uma mística à volta desse palco. Para o Dinis, é «peaners», como se costuma dizer. Foi incrível. O Dinis, dos meus candidatos de hoje, foi o que esteve mais à vontade, nunca o senti muito preocupado: «É para partir tudo, é para partir tudo». E esteve super profissional: parou, pediu palmas, tocou, fez um solo de concertina. Fez tudo o que quis fazer. Tenho a certeza que o país está todo de olhos postos no Dinis e as editoras deste país, a malta que gere carreiras, tem aqui um diamante em bruto e acho que o Dinis vai ser muito, muito feliz. Mesmo”.

 

  • Maria Correia (Equipa Carlão): Eliminada
    • Canção interpretada: Jealous (de Labrinth)
    • Situação: Eliminada
    • Declaração do mentor (Carlão): “Acho que todos nós quando estamos a ensaiar uma coisa, mas, na hora de verdade, crescemos um pouco. E a Maria não é exceção. Estou muito feliz por ela. A Maria tem uma energia incrível, tem uma alegria de viver muito contagiante. Está sempre a rir, está sempre bem-disposta e com uma boa energia. Ela merecia muito este momento. Esteve a sentir toda e qualquer palavra desta canção, interpretou-a a sentir mesmo com muita emoção e isto passou cá para fora. Não estava simplesmente a debitar palavras; estava a interpretar a canção e a senti-la. E acho que, com 15 anos, já se sentem muitas coisas que aqui estão. Estou mesmo feliz, acho que ela merece este momento. Ela perguntou-me à tarde se podia fazer uma dedicatória. E eu disse: «Não perguntes a ninguém, diz logo». Mas ela perguntou. Acho que a tua avó deve estar muito orgulhosa do que fizeste hoje, foi muito bonito. Obrigado por trazeres esta canção. Só podia ter sido ela a escolher”.
    • Nota: No fim da atuação, Maria Correia dedicou-a à sua avó, que foi recentemente internada num hospital.

 

  • Clara Gonzalez (Equipa Carolina Deslandes): Eliminada
    • Canção interpretada: Perdidamente (dos Trovante)
    • Situação: Eliminada
    • Declaração da mentora (Carolina Deslandes): “Clarinha, muitos, muitos parabéns. Estou muito, muito orgulhosa. Tenho uma infinitude de desafios para proferir. Esta canção foi escolha tua; a quantidade de escolhas e de vídeos que me enviaste dava para estares a cantar de hoje até ao Natal. Ela adora cantar, tem uma cultura musical inacreditável, e acho que isso vem de casa e vê-se. Adora cantar Português, que é uma coisa que me dá um gozo enorme – a forma como tu dizes a palavra. Isto é um poema difícil de cantar, difícil de dizer, e tu disseste-o e cantaste-o com muita facilidade. És muito graciosa na forma como te mexes, interpretas as coisas com muita classe, com muito gosto. O penteado é escolha tua, a canção é escolha tua, sabes quem és, sabes o que queres fazer, sabes que o teu requinte e a tua simplicidade são o que faz de ti especial e gostas de usar isso. Não é preciso fogo-de-artifício sempre, sabes? Não é preciso o grito sempre. É preciso ser-se aquilo que se é. E tu és isso, e és isso a 100 por cento. E foi incrível; nos ensaios foi incrível, é incrível ver a forma como interages com os teus colegas, és bondosa, és a luz de todas as salas, estás sempre a sorrir, e nunca te deixas consumir pelos nervos. Queres aproveitar, queres curtir, e foi por isso que te trouxe: acho que merecias este momento, mereceste este momento e vais merecer todos sempre que pegares nos microfones porque és muito especial”.

 

  • Maria Gil (Equipa Fernando Daniel): Apurada para a final
    • Canção interpretada: Unfaithful (de Rihanna)
    • Situação: Apurada para a final
    • Declaração do mentor (Fernando Daniel): “Foi incrível; são mais coisas boas a enumerar do que as más. Vou só falar da parte menos boa: foi aquela nota; era muito mais fácil que o piano fossem só as teclas brancas sem os bemóis, os sustenidos e essas coisas todas. Acontece; o mais importante é que tu, com esta nota, percebeste que falhaste, mas não desmanchaste, continuaste a fazer a tua cena. É normal estares agora um bocado frustrada com aquilo. Foi só um pormenor em algo que foi incrível, a sério. Foi incrível, foi incrível. Esta música foi escolha minha. A Maria, da minha equipa, foi a última a ter uma música e o engraçado é que estava sempre: «Já há novidades da música? Sempre vai ser aquela de que falámos?». […]. Das três músicas que tínhamos visto, esta era aquela que eu achava com que ela podia dar mais espetáculo, e deu. Foi incrível. Ao início era só para ser uma música ao piano, a Maria e o piano. Mas ela depois pensou: «Quero mostrar mais, quero dar mais dinâmica à canção». E quando eles já têm esta perceção de «eu posso fazer ainda mais, quero fazer mais porque esta é uma oportunidade única». Quando isto parte deles e não de nós, mentores, é incrível porque percebemos que estamos a fazer as escolhas certas para aqui estar. Quando estas palavras e esta ganância de querer fazer o melhor sai deles e vem deles… é incrível”.

 

Depois de um intervalo, a gala retomou com a atuação da convidada Nena e dos concorrentes desta semana, interpretando a canção Passo a Passo.

 

Foi, depois, a altura de fechar as votações e de saber quem é que o público escolheu como finalista da equipa Fernando Daniel: Maria Gil.

 

  • Rita Serrano (Equipa Bárbara Tinoco): Apurada para a final
    • Canção interpretada: Bruises (de Lewis Capaldi)
    • Situação: Apurada para a final
    • Declaração da mentora (Bárbara Tinoco): “Estou tão contente! Ritinha, adoro-te desde o primeiro momento e está a dar-me um gozo! Ela é que escolheu esta música, ela mandou-me esta música toda como ela já tinha pensado, num áudio. E eu disse: «É mesmo esta, siga!». E ela fez tudo e acrescentou coisas que nem tinha feito nos ensaios, não estava à espera. Foi tão bonito. Eu adoro-te, eu adoro-te, eu adoro-te! Estou tão orgulhosa!”.

 

  • Nicolas Alves (Equipa Carolina Deslandes): Apurado para a final
    • Canção interpretada: They Don’t Care About Us (de Michael Jackson)
    • Situação: Apurado para a final
    • Declaração da mentora (Carolina Deslandes): “Meu Deus, do céu! Primeiro, nem acredito que me escolheste e que estás na minha equipa. Cada vez que tu cantas, apetece-me ligar às pessoas. […]. Foste tu que escolheste esta canção, é importante dizer. Recebi um vídeo teu a cantares, já com toda a expressão corporal, com a forma como querias cantar. Tu ouves o Michael e o Freddy [Mercury] desde pequenino, são as tuas maiores referências e vê-se que bebeste disso desde muito novo. Quiseste a canção, e eu disse: «É o que tu queres, vamos com tudo!». Ainda bem que sabes o que queres e ainda bem que tiveste esta oportunidade de estares aqui neste palco, porque acho que estamos a assistir ao aparecimento de uma estrela mundial. Acho que isto vai viralizar, foi absolutamente inacreditável, tudo. A tua atitude em palco… . Deram-lhe as marcações, ele tinha de dar a volta ao palco e ele disse-me assim: «Vou dar a volta ao palco, mas de frente». Foi tudo da cabeça dele, a atitude. Esta canção tem uma mensagem super importante que defendeste super bem”.

 

Terminadas as atuações na equipa Carolina Deslandes, foi o momento de fechar as votações e de conhecer o apurado para a final: Nicolas Alves

 

  • Maria Rebelo de Andrade (Equipa Carlão): Eliminada
    • Canção interpretada: As Rosas (de Carminho)
    • Situação: Eliminada
    • Declaração do mentor (Carlão): “A forma como ela esteve no ensaio e como esteve agora foi muito diferente para melhor, claro. Acho que a Maria, na hora da verdade, chega-se à frente e faz aquilo que sabe fazer. Quando estávamos a escolher a música pedimos sugestões e ela mandou-me algumas. E quando a ouvi cantar em Português, para mim foi logo uma diferença abismal porque ela tem algo que valorizo muito que é uma dicção acima da média, principalmente se falarmos da idade que ela tem. O Português da Maria é, realmente, muito especial. Esta canção é muito bonita. Acho que até agora, desta noite, foi a prestação mais delicada. Há aqui uma delicadeza, há um requinte nesta interpretação que é bastante diferente da tia [Carminho]. Esta é uma surpresa para a Carminho, tia dela, que não sabia. Acho que a tua tia deve estar muito feliz, até porque não te limitaste a mimetizar, a replicar, aquilo que é a versão original. A Maria Rebelo de Andrade, o que fez, foi tornar esta música dela. Porque esta delicadeza, esta pausa a dizer as coisas, que é um bocado diferente daquilo que é o fado da Carminho, é que deu piada à interpretação. Não foi replicar o que está no original, porque isso é chover no molhado. A Carminho é a Carminho, já fez aquilo em bem. E ela fez a versão dela, foi muito bonita. O décor estava lindo, tu estás linda, parabéns!”.

 

Pouco após a atuação de Maria Rebelo de Andrade foram encerradas as votações na equipa Carlão. O público elegeu Martim Helena para a final.

 

  • Joana Santos (Equipa Bárbara Tinoco): Eliminada
    • Canção interpretada: Longe do Mundo (de Sara Tavares)
    • Situação: Eliminada
    • Declaração da mentora (Bárbara Tinoco): “Olha, a «Joanicas» veio aqui e sabia o que queria cantar. Sempre disse que queria fazer musicais, era disso que ela gostava. Trabalhou sempre a interpretação dela nesse sentido e nunca quis sair desse universo porque é o universo dela. E quando nós encontramos uma coisa onde que somos bons, para quê sair desse sítio quando já estamos em casa? Mas, mesmo assim, é bom estarmos em casa e estar tudo bem, mas também é bom sair da nossa zona de conforto. E a Joana é a pessoa que conheço, e sinceramente de todos os meus concorrentes, que mais sai da zona de conforto. Ela é uma menina muito sensível, muito dedicada. Ela mandou-me para aí 300 versões desta música! […]. É muito dedicada, estava sempre a perguntar o que podíamos fazer. E eu fico muito orgulhosa porque sei que trabalhou muito para esta atuação e trabalhou muito, muito, muito, para todos os pormenores que ela queria fazer. E saíram perfeitos, com os nervos, com tudo… é mesmo impressionante, é mesmo impressionante”.

 

Passados alguns minutos da atuação de Joana Santos, foram fechadas as votações na equipa Bárbara Tinoco, com Rita Serrano a ser a eleita do público para a final.

 

 

Finalistas

  • Bárbara Tinoco (4)
    • Finalistas (1)
      • Rita Serrano
    • Ainda não atuaram nas semifinais (3)
      • Juliana Matado (salva, ex-equipa Carolina Deslandes)
      • Margarida Rodrigues
      • Rúben Antunes
  • Carlão (4)
    • Finalistas (1)
      • Martim Helena
    • Ainda não atuaram nas semifinais (3)
      • Bia Antunes (salva, ex-equipa Fernando Daniel)
      • Laura Pereira
      • Margarida Oliveira
  • Carolina Deslandes (4)
    • Finalistas (1)
      • Nicolas Alves
    • Ainda não atuaram nas semifinais (3)
      • Andreia Santos
      • Beatriz Silva
      • Salvador Palmela
  • Fernando Daniel (4)
    • Finalistas (1)
      • Maria Gil
    • Ainda não atuaram nas semifinais (3)
    • Lúcia Vicente
    • Madalena Dias
    • Noa Rangel
Partilhar o artigo: