Emissora de São Marino quer que cancelamento do ESC 2020 seja reconsiderado… e não estará sozinha
Créditos da imagem: NPO/AVROTROS/NOS

Emissora de São Marino quer que cancelamento do ESC 2020 seja reconsiderado… e não estará sozinha

22/03/2020 0 Por Bernardo Matias

A decisão de cancelar o Festival Eurovisão da Canção (ESC) 2020 devido à pandemia de coronavírus foi uma medida drástica necessária. Porém, é naturalmente difícil de aceitar, pelos fãs e não só.

Alessandro Capicchioni, chefe de delegação de São Marino, revelou que a emissora SMRTV está a apelar à União Europeia de Radiodifusão (EBU) no sentido de fazer ‘marcha-atrás’… e não estará sozinha. A ideia é reconsiderar a realização do ESC 2020 no outono.

Em declarações à SMRTV, o responsável explicou: “O adiamento teria sido a solução ideal para muitos de nós, tentamos pensar nisso, escrevemos à organização. E anexámos algumas ideias alternativas. Acreditamos no lema de Roterdão 2020, #OpenUp [aberto], não queremos que seja um #ShutDown [cancelamento]”.

De referir que também o diretor-geral da SMRTV tinha criticado a decisão de cancelar o ESC 2020, com Carlo Romeo a defender igualmente o adiamento para os meses de outono dando assim uma prova de regresso à normalidade.

Partilhar o artigo: