Eurovisão 2021 exclui cenário de total normalidade

Eurovisão 2021 exclui cenário de total normalidade

03/02/2021 0 Por Bernardo Matias

Está confirmado: o cenário de total normalidade não vai em frente no Festival Eurovisão da Canção (ESC) 2021 devido à pandemia. A decisão acabou de ser anunciada pela União Europeia de Radiodifusão. O certame está agendado para 18, 20 e 22 de maio no Ahoy Rotterdam, em Roterdão (Países Baixos).

Permanecem nas contas os três outros cenários. O B passa a prever lotação de 0 a 80 por cento, eventos em Roterdão adaptados e o centro de imprensa com 500 jornalistas no local e 1.000 virtualmente. Nestas circunstâncias serão adotadas medidas de segurança e sanitárias apertadas, incluindo testagem frequente à Covid-19. As delegações que puderem viajar atuarão ao vivo no local e as outras terão a atuação pré-gravada.

Já o cenário C, tal como o D, determina que todas as atuações serão pré-gravadas, a capacidade será de 0 a 80 por cento, os eventos na cidade serão reduzidas e a imprensa só terá 1.500 jornalistas virtualmente. Quanto ao cenário D, terá apenas a condução dos espetáculos no Ahoy, assim como os interval acts, sem público, com atuações pré-gravadas, sem eventos em Roterdão e com 1.500 jornalistas a marcarem presença via digital.

Em todos os casos manter-se-ão os nove espetáculos (seis dress rehearsal, as duas semifinais e a final), mas a presença de público será ditada pelo cenário adotado.

Partilhar o artigo: