Galas ao vivo do The Voice Portugal começaram com oito apurados
Imagem: RTP/The Voice Portugal

Galas ao vivo do The Voice Portugal começaram com oito apurados

27/12/2021 0 Por Bernardo Matias

Arrancou este domingo a quarta fase do The Voice Portugal, com o início das galas ao vivo. Atuaram 12 concorrentes, três de cada mentor.

Logo após o Natal, o talent show prosseguiu com a 11.ª emissão. Dos 12 participantes que voltaram a apresentar-se, oito foram apurados (cada mentor escolheu um, sendo o outro apurado pelo público).

Na próxima semana fecha-se esta primeira ronda das galas ao vivo, que na próxima semana fecha o top 16 da nona edição do The Voice Portugal.

 

O resumo da emissão

A gala começou com uma atuação em conjunto com 11 dos 12 intérpretes concorrentes na mesma, ao som do tema Butter, dos sul-coreanos BTS. Foi, naturalmente, um momento que não contou para «avaliação». Não atuou neste momento Rui Pedro, da equipa Aurea, ausente da gala em direto por estar infetado pela Covid-19.

 

  • Edmundo Inácio (Equipa Diogo Piçarra) – Apurado
    • Canção interpretada: Povo Que Lavas no Rio (de Amália Rodrigues)
    • Situação: Apurado pelo mentor
    • Declaração de Diogo Piçarra: “Foi a tua melhor atuação, foste perfeito, perfeito, perfeito. Não há nada a dizer. Edmundo é mesmo assim: trabalhador, muito perfecionista, sabe ouvir, sabe dar ideias também. E é isso que eu gosto no Edmundo. E depois chega aqui e é melhor do que em qualquer ensaio. Isto fica entre nós, mas sabes para quem foi; foi muito forte, parabéns”.

 

  • Rodrigo Lourenço (Equipa António Zambujo) – Apurado
    • Canção interpretada: Love of My Life (dos Queen)
    • Situação: Apurado pelo mentor
    • Declaração de António Zambujo: “O mais importante é divertires-te. Cantas muito bem; és dos melhores cantores que está no The Voice este ano. Tens 17 anos, por isso tens uma margem para crescer, mas com tempo, não é preciso haver ansiedade, não é preciso haver pressa, nada. Com o tempo vais atingir um nível de excelência que só os grandes músicos conseguem atingir. Vais conseguir de certeza absoluta. O importante é que tu te divirtas, que desfrutes daquilo que estás a fazer. E é isso, Rodrigo. Gostei muito. Tens um tempo que gosto muito quando pegas na música: sentes a música de uma forma relaxada, que eu gosto, sem grandes tensões. Tens uma dinâmica de interpretação muito boa e és um excelente cantor. Estou muito feliz por estares nesta equipa e nos teres proporcionado este momento tão bonito”.

 

  • Mariana Rocha (Equipa Aurea) – Apurada
    • Canção interpretada: When The Party’s Over (de Billie Eilish)
    • Situação: Apurada pela mentora
    • Declaração de Aurea: “A Mariana é única. […]. É tão bom ver a Mariana aqui, ver a Mariana a continuar na música, ver o quanto ela é lutadora, o quanto ela quer isto e que não desiste por mais difícil que seja. E, para além disso, sei que esta não seria uma escolha óbvia da Mariana, para cantar.  E a Mariana aceita desafios. A minha intenção ao propor esta música à Mariana era que as pessoas conseguissem ver para além da grande voz, para além do show, para além disso tudo: é a sensibilidade, a fragilidade, e deixá-la exposta. No final de contas isto viveu muito da tua voz, daquilo que é teu e daquilo que é o teu dom. Espero que as pessoas lá em casa tenham sentido isso e que menos é mais. Estamos sempre a falar disto e este foi o caso perfeito: menos é mais. Tu és uma finalista deste programa, vejo-te na final num estalar de dedos”.

 

  • Miguel Dias (Equipa Marisa Liz) – Apurado
    • Canção interpretada: A Song for You (de Donny Hathaway)
    • Situação: Apurado pela mentora
    • Declaração de Marisa Liz: “É impressionante. Eu passei o dia, e fico nervosa pelo Miguel porque o Miguel é um caso sério na música – não só no The Voice, no geral. E ontem estivemos até tarde, e fico nervosa por ele porque quero genuinamente que as coisas lhe corram bem e que as pessoas quando ele chega aqui acima consigam perceber o talento que tem. Ele é dos mais novos que está aqui O Miguel é um forte candidato a vencer o The Voice, claramente. É o que eu acho; e acho que para a idade que ele tem, a forma como ele canta, o timbre que ele tem, a intenção que ele dá a cada palavra, é fora de série. Há muitos que cantam bem e depois há uns que aparecem assim: únicos. E tu és um desses, Miguel! Mas tens de acreditar, senão vou-me chatear contigo!”.

 

  • Lusitana Zertuche (Equipa Diogo Piçarra) – Eliminada
    • Canção interpretada: Someone Like You (de Adele)
    • Situação: Eliminada
    • Declaração de Diogo Piçarra: “A Lusitana cumpre sempre. Acho que é a adolescente da minha equipa, a mais nova, e dás sempre o teu melhor. Já cantaste de tudo um pouco em tão pouco tempo. Já cantaste em português, coisas mais clássicas, coisas mais contemporâneas, coisas mais fora da caixa também. E tens uma voz que nunca mais acaba. Adoro trabalhar contigo e ir falando contigo ao longo da semana a ver se queres saber, queres aprender, onde é que podes melhorar e não. E sinto sempre que não posso fazer nada porque mandas-me sempre os ensaios ou o que quer que seja, e digo que já está bom: não mexer, senão estraga. É de louvar. Se tens 17 anos a cantar assim, não quero imaginar com 20, 27, 37. É um gosto trabalhar contigo, é um gosto ter-te na minha equipa. Tu és incrível, és surreal, parabéns!”.

 

  • Sara Badalo (Equipa Aurea) – Eliminada
    • Canção interpretada: I’d Rather Go Blind (de Etta James)
    • Situação: Eliminada
    • Declaração de Aurea: “Como é que tu ainda tens insegurança, mulher?! Como? As inseguranças e os medos somos nós que os construímos, só nós, e tu não te podes meter dentro dessa caixinha. À tarde dizia-lhe que a Sara ainda não tinha cantado nada neste estilo. Acho que a Sara é super camaleónica, para começar, e acho que isso é maravilhoso num cantor: tu podes até ser muito bom num género só e fazer só aquele género, mas também podes cantar muito bem várias coisas e isso é espetacular. Não devemos meter ninguém dentro de uma caixinha – podemos todos fazer o que quisermos e sermos felizes com isso. E eu dizia-lhe que cantar soul é cantar amor, é despires-te de tudo em cima do palco, e eu vi-te nua (salvo seja): consegui ver tudo, tu foste uma grande intérprete desta música, a sério. Tu és mais uma séria candidata a finalista deste programa. Vocês tiram-me do sério, são maravilhosos. Estou muito orgulhosa de te ter na minha equipa”.

 

  • David Carreira: In Love Festa
    • Atuação convidada de David Carreira com os 11 intérpretes a concurso em estúdio nesta gala, num medley dos temas In Love Festa.

 

  • Aliança Velha (Equipa Diogo Piçarra) – Apurados
    • Canção interpretada: Desfolhada (de Simone de Oliveira)
    • Situação: Apurados pelo público
    • Declaração de Diogo Piçarra: “Foram eles que escolheram a canção. Eles já tinham tentado escolher esta música há uma ou duas semanas. Mas eu disse para terem calma, podíamos guardar isto. Acima de tudo tenho de dar os parabéns a estes rapazes por terem cantado sempre em português, desde o início. Sinto que a nossa língua é lindíssima, mas não é fácil de cantar, e muito menos de escrever e de compor. E esta música lindíssima da Simone já tem uma carga de grande responsabilidade e eu queria que eles avançassem e crescessem um pouco mais e deixei-os cantar. Este arranjo foi em conjunto com a banda, mas principalmente deles.  Um grande beijinho à Simone; ainda não cantámos juntos, mas a culpa é um pouco minha. […]. Estes rapazes são sempre imprevisíveis nas suas escolhas. Todas as semanas estou à espera no Whatsapp para ver o que vem aí. Esta semana foi Simone, para a semana não sei o que vem; sei que vem em Português, muito provavelmente. Mas, acima de tudo, eles mantêm esta alma portuguesa, esta cumplicidade, que eu tanto admiro. Para mim já são um grupo, já são uma banda. Podem ficar por aqui, podem continuar; sei que as pessoas já conhecem, já são fãs”.

 

  • Beatriz Cepêda (Equipa António Zambujo) – Apurada
    • Canção interpretada: All I Want (de Kodaline)
    • Situação: Apurada pelo público
    • Declaração de António Zambujo: “A  Beatriz portou-se muito bem. E ainda bem que fui só eu que virei na Prova Cega quando ela se apresentou a tocar o seu pianinho. Ela, por um lado, tem segurança, tem  confiança, o que transmite alguma maturidade. Mas, por outro lado, também tem a irreverência de uma miúda de 15 anos que chega aí, começa a cantar, e brinca com as palavras, diverte-se a cantar, joga bem com a métrica; ou seja, não está muito agarrada às versões. Porque quando estás num programa destes, em que estás a cantar músicas de outros, é muito importante que te apropries da música. E é isso que tu fazes, e fazes muito bem. E estou muito contente por te ter na minha equipa e por ter sido a única pessoa a virar a cadeira nas Provas Cegas”.

 

  • Pedro Tavares (Equipa Marisa Liz) – Eliminado
    • Canção interpretada: Não Queiras Saber de Mim (de Rui Veloso)
    • Situação: Eliminado
    • Declaração de Marisa Liz: “Tudo o que aconteceu aqui foi pela dedicação que ele tem. Podemos sempre ter pessoas à nossa volta que nos ajudem, e todas a gente tem uma opinião para nos dar na vida: algumas são melhores, outras piores; umas são com boa intenção, outras não, e nós podemos ouvir todas. Mas realmente só conquistamos as coisas quando somos capazes de o fazer, independentemente de quem está à volta. Mas o apoio ajuda, e muito. E tu tens estas pessoas todas a apoiarem-te, e a cada nota que tu davas que corria melhor do que todas as outras estavam cá a aplaudir, e isso só acontece com pessoas boas como tu, Pedro. Nós conhecemo-nos muito pouco, há pouco tempo  que a nossa equipa começou a falar um bocadinho mais. E eu tenho muita curiosidade em conhecer-te melhor porque és um miúdo muito bem educado, e estou a falar da educação interna: não é só o que se diz, é o que se faz. E dedicaste-te totalmente a tudo o que te disse. És humilde, és trabalhador e mereces muito ser  feliz. E foi a melhor atuação de todas”.

 

  • Rui Pedro (Equipa Aurea) – Apurado
    • Canção interpretada: Como Seria (de Dino D’Santiago)
    • Situação: Apurados pelo público
    • Declaração de Aurea: “Fiquei de coração apertado quando soube que o Rui tinha dado positivo, e na minha cabeça foi um turbilhão de pensamentos, o que vai acontecer?. E era muito injusto se de repente saísse da competição desta forma.  É um contratempo com o qual temos de contar hoje em dia e temos de ter alternativas. Agradeço-lhe do coração [à produtora Shine]. O Rui é este menino bom, é um  coração bonito, sempre disponível para ouvir, super dedicado. Ficaria de coração partido se saísse agora desta forma porque seria totalmente injusto. Pegou na música do Dino […], tornou-a dele como faz quando pisa este palco. Sei que não foi a atuação aqui ao vivo em direto, para toda a gente, com o público, mas o ensaio foi extraordinário. Fica orgulhoso! Eu estou orgulhoso”.
    • Nota: Foi transmitido o ensaio geral de Rui Pedro, que está infetado pela Covid-19 e, assim, está a cumprir isolamento.

 

  • João Neves (Equipa Marisa Liz) – Apurado
    • Canção interpretada: Shake It Out (de Florence + The Machine)
    • Situação: Apurado pelo público
    • Declaração de Marisa Liz: “Tenho tanta coisa para dizer que estou a tentar focar-me Em primeiro lugar, agradecer mais uma vez à banda, ao Fernando Martins, Alex, uma salva de palmas para esta malta, para o coro. Obrigada, malta, obrigada. Inacreditável! Depois, eu estava louca para que esta atuação acontecesse, para todos vocês ouvirem mais uma vez o João a cantar. Há malta que acredita que Deus existe e eu acredito que existem fadas apesar de elas não aparecerem. Quando tu cantas, tenho a certeza que elas existem; a certeza João! Porque o que tu fazes é mágico, a forma como tu cantas, a delicadeza da pessoa que tu és não só a cantar, como na relação e no bocadinho que nós nos conhecemos, que é muito pouco, mas começamos a conhecer-nos. Adoro trabalhar, sou mega fã tua, não só quero estar na fila da frente, como quero fazer parte do backstage, ajudar-te a escolher a roupa, fazer tudo para te ajudar. Este homem está a fazer história no The Voice Portugal a cantar canções que ninguém conhece. Escolhemos um tema que, dentro do alternativo, algumas pessoas já conhecem, mas não é por ser  conhecido ou não ser conhecido: tudo aquilo que tu cantes é magia, João! Obrigada por teres vindo e obrigado por estares na minha equipa. Mereces estar na final!”.

 

  • Atuação convidada de Carlão, com o tema 1986

 

  • Maria Pereira (Equipa António Zambujo) – Eliminada
    • Canção interpretada: Lusitana Paixão (de Dulce Pontes)
    • Situação: Eliminada
    • Declaração de António Zambujo: “Nada a dizer. Nós, nos ensaios, falámos de pequenos pormenores, pequenas sugestões, são alguns preciosismos, e a Maria fez tudo na perfeição, pensou-os bem e cantaste muito bem. Há algumas músicas que, quando víamos o Festival da Canção ficavam na nossa memória, e sta é uma delas, com uma interpretação incrível da Dulce Pontes que na altura não era tão conhecida e depois tornou-se numa estrela de nível mundial. E a Maria cantou muito bem, estou muito feliz com a tua atuação, mesmo muito. Parabéns, obrigado”.

 

Equipas após a primeira gala

  • António Zambujo (6)
    • Apurados para a próxima fase (2)
      • Beatriz Cepêda – Apurada pelo público
      • Rodrigo Lourenço – Apurado pelo mentor
    • Ainda não atuaram nas galas ao vivo (4)
      • Márcio Gonçalves
      • Maria Inês Graça
      • Rita Medeiros
      • Rui Taipa
  •  Aurea (5)
    • Apurados para a próxima fase (2)
      • Mariana Rocha – Apurada pela mentora
      • Rui Pedro – Apurado pelo público
    • Ainda não atuaram nas galas ao vivo (3)
      • Bruno Huca
      • Francisca Oliveira
      • Matilde Jacob
  • Diogo Piçarra (5)
    • Apurados para a próxima fase (2)
      • Aliança Velha – Apurados pelo público
      • Edmundo Inácio – Apurado pelo mentor
    • Ainda não atuaram nas galas ao vivo (3)
      • Daniel Fernandes
      • Francisca Rocha
      • Matheus Alcantara
  • Marisa Liz (5)
    • Apurados para a próxima fase (2)
      • João Neves – Apurado pelo público
      • Miguel Dias – Apurado pela mentora
    • Ainda não atuaram nas galas ao vivo (3)
      • Inês Marques Lucas
      • Inês Martins
      • João Leote
Partilhar o artigo: