JESC 2020 com formato ‘anti-pandemia’: países atuam a partir de ‘casa’
Fonte da imagem: Twitter @EurovisionJr

JESC 2020 com formato ‘anti-pandemia’: países atuam a partir de ‘casa’

08/09/2020 2 Por Bernardo Matias

A pandemia da Covid-19 obrigou a União Europeia de Radiodifusão (EBU) a tomar uma decisão inédita para que seja possível realizar o Festival Eurovisão da Canção Júnior (JESC) deste ano: atuações ‘à distância’.

Em comunicado, faz saber que todas as canções a concurso serão interpretadas num estúdio a partir do respetivo país participante. O layout do palco e as características técnicas terão de ser idênticas para todos.

Em Varsóvia, local eleito como sede do evento, acontecerá a apresentação e serão executados os ‘interval act’, desde um estúdio de televisão com todas as medidas de distanciamento social necessárias.

Martin Österdahl, supervisor executivo, sustentou: “As restrições de viagens e problemas correntes relacionados à pandemia da Covid-19 significam que, lamentavelmente, não podemos trazer todos os artistas à Polónia para competirem pessoalmente no Festival Eurovisão da Canção Júnior este ano. No entanto, estamos determinados em que o espetáculo deve ir em frente e que esta competição, realizada anualmente desde 2003, tem de continuar”.

O responsável acredita que, embora o formato seja distinto, as chances serão iguais: “Apesar das mudanças deste ano, todos os jovens talentosos escolhidos para representarem os seus países ainda terão uma hipótese igual de brilharem e, como é tradição, as famílias em torno do mundo poderão votar online nas suas canções favoritas”.

Partilhar o artigo: