Macedónia do Norte admite sair da Eurovisão em 2023
Créditos da imagem: EBU / Nathan Reinds

Macedónia do Norte admite sair da Eurovisão em 2023

11/05/2022 0 Por Bernardo Matias

Após a polémica relativa à bandeira arremessada por Andrea na Turquoise Carpet, a Macedónia do Norte pondera a saída do Festival Eurovisão da Canção (ESC) em 2023.

A possibilidade está a ser equacionada pela direção editorial da emsisora MRT, depois de na cerimónia de abertura a representante do país este ano ter atirado a bandeira nacional ao chão. A própria já veio garantir que não houve qualquer intenção de desrespeitar aquele símbolo ou de ofender alguém, pedindo desculpas pela atitude.

Numa primeira reação, a MRT revelou que estava a ponderar desistir mesmo do ESC deste ano, mas acabou por decidir continuar explicando assim a decisão: “Tal passo numa altura em que todos os prazos para desistir passaram causaria um grande dano financeiro e outras sanções que não devem ser negligenciadas. Nomeadamente, o cancelamento comprometeria a participação e o desvio dos direitos televisivos em todos os outros eventos que a emissora de serviço público recebe como membro da União Europeia de Radiodifusão”.

Porém, para 2023 a saída do ESC pode ser um cenário real, assumiu a MRT: “Devido à imagem pública negativa do projeto «europeu», que causa publicidade negativa à MRT, a direção editorial da MRT está a considerar a possibilidade de no próximo ano a Rádio Televisão Macedónia não participar mais no Festival Eurovisão da Canção”.

 

Partilhar o artigo: