Não foram detetadas irregularidades nos gastos de Malta com a Eurovisão 2021
Créditos da imagem: EBU / Thomas Hanses

Não foram detetadas irregularidades nos gastos de Malta com a Eurovisão 2021

24/11/2021 0 Por Bernardo Matias

Pouco tempo depois do Festival Eurovisão da Canção (ESC) 2021, surgiram notícias em Malta sobre uma auditoria relativa aos gastos com a participação do país… investigação essa que não detetou irregularidades.

Em causa estavam 350 mil euros gastos pela Autoridade do Turismo de Malta e 300 mil euros investidos pela emissora PBS na promoção da canção de Destiny, Je Me Casse. Alguém por dentro da participação alegou, segundo o jornal Times of Malta, que recebeu dinheiro para fazer Malta crescer nas casas de apostas.

Agora, o jornal Malta Independent escreve que a auditoria não encontrou irregularidades com uso de dinheiro para tentar manipular as quotas de apostas. Carmelo Abela esclareceu: “A auditoria concluiu que a MTA e a PBS trabalharam dentro dos regulamentos respetivos próprios”.

Partilhar o artigo: