Pode ter sido ‘levantada parte do véu’ do design do palco da Eurovisão 2019

Pode ter sido ‘levantada parte do véu’ do design do palco da Eurovisão 2019

16/12/2018 0 Por Bernardo Matias

A emissora de Israel responsável pela participação no Festival Eurovisão da Canção (ESC), a KAN, publicou nos últimos dias documentos que deixam antever parte do que poderá ser a produção do espetáculo. Este realiza-se no pavilhão 2 da Expo Tel Aviv. O concurso para a empresa de produção e a proposta de serviços de câmara de especialidade surgiram em público, enquanto de forma não oficial apareceram imagens que mostram o que poderá ser o design do palco.

No essencial, de acordo com os papéis veiculados pelo wiwibloggs.com, o concurso para empresa de produção estipula os requerimentos, entre os quais que o vencedor vai ter de construir e fornecer o equipamento além de gerir os locais do concurso em si (palco, ‘delegation bubble, centro de imprensa, por exemplo) e ainda sítios como a Euro Village e o evento de abertura (‘Red Carpet’).

O mesmo documento inclui uma cronologia das datas-chave, como por exemplo a conclusão do palco numa data ainda não especificada em abril, a realização dos ensaios stand-in em quatro dias do mesmo mês e o “começo da programação virtual de iluminação e vídeo”. E, a partir deste pormenor, antevê-se que os vídeos no palco podem estar de regresso depois de a organização em Portugal ter optado por deixar os ecrã LED de fora do palco.

Entretanto, Ola Melzig, diretor de produção do ESC em várias edições, partilhou uma imagen de uma reunião em que marcou presença em Israel. Em cima da mesa podem ver-se esboços ao que tudo indica relacionados ao ESC 2019, até porque Melzig respondeu assim a uma pergunta sobre se se tratavam dos traços do palco: “Não, são desenhos sobre a green room”. Abaixo, pode ver a imagem em causa.

Já do Oiko Times chega uma imagem que, ao que tudo indica, é o design do palco do ESC 2019. As linhas aqui vistas, que não contêm curvaturas, parecem coadunar-se com um dos requisitos para as câmaras no documento já mencionado: “Todos os carris devem ser em linha reta”. Na mesma imagem, vê-se que a capacidade das bancadas é de 4.968 espetadores e a área em pé albergará 3.000 pessoas, num total de 7.968. Se é, de facto, o design que veremos em maio de 2019, só o tempo o dirá… .

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Eurovision 2019 🇮🇱 the venue sitting plan revealed and so the stage design!!! @eurovision @oikotimes #oikotimes #eurovision

Uma publicação partilhada por OIKOTIMES EUROVISION (@oikotimes) a

Partilhar o artigo: