Road to Eurovision’19: O perfil da Suíça e de Luca Hänni
Créditos da imagem: Max Pixel

Road to Eurovision’19: O perfil da Suíça e de Luca Hänni

12/05/2019 0 Por Bernardo Matias

O Road to Eurovision’19 chega agora ao primeiro país vencedor do Festival Eurovisão da Canção (ESC) na apresentação dos participantes deste ano. Trata-se, claro, da Suíça, que apenas falhou a presença em quatro edições ao longo da história. Vai ser representada este ano por Luca Hänni com a canção She Got Me.

A Suíça foi um dos países fundadores do certame, pelo que competiu na primeira edição. E como alguém tinha de ser o primeiro a vencer, foi precisamente o país helvético com Lys Assia e o tema Refrain. Curiosamente, essa edição realizou-se naquele mesmo país, em Lugano. A cantora voltou nos dois anos seguintes e conseguiu em 1958 o segundo lugar com o tema Giorgio.

Depois de mais dois pódios no início dos anos 1960, a Suíça quebrou um pouco em termos de resultados, mas até 1982 só falhou o top dez por seis vezes. Nesse mesmo ano alcançou um terceiro lugar, numa fase inicial de uma década que cujo ponto alto foi a vitória de Céline Dion em 1988 com Ne partez pas sans moi. A canadiana é, até aos dias de hoje, uma das maiores estrelas a ter passado pelos palcos eurovisivos, embora na altura ainda estivesse numa fase inicial da carreira.

Depois dessa vitória, os resultados suíços entraram em quebra e, fora um quinto e um terceiro lugar, a década de 1990 assistiu a participações discretas e as duas primeiras ausências (1995 e 1999). A tendência de quebra manter-se-ia no virar de século, com a Suíça novamente ausente em 2001 e 2003. Desde que há semifinais, apenas por quatro vezes a Suíça conseguiu o apuramento para a final. A melhor participação neste período foi o oitavo lugar de 2005 com Cool Vibes de Vanilla Ninja, ao passo que a última final da Suíça remonta a 2014 (Sebalter, Hunter of Stars).

A emissora SF é responsável pela participação helvética na Eurovisão. Ao longo dos anos, entre semifinais e finais, a Suíça atribuiu mais pontos à República da Irlanda (217) e recebeu mais (165) do Reino Unido.

Luca Hänni está encarregue de representar a Suíça no ESC deste ano. O cantor Pop e Eurodance de 24 anos encetou a sua carreira em 2012 quando alcançou a final do Deutschland sucht den Superstar 2012 na Alemanha. O seu primeiro single foi Don’t Think about Me no mesmo ano, sendo o primeiro suíço em 52 anos a liderar os tops alemães. Desde então, Luca Hänni já lançou quatro álbuns e um total de 11 singles, mais dois promocionais. Já recebeu vários prémios, como o de Best Breaking Act National nos Swiss Music Awards de 2013 ou o Kid’s Choice Award. Luca Hänni apresenta-se no ESC com o tema pop She Got Me na sequência de seleção interna da SF.

Suíça:

  • Estreia: 1956 – Lys Assia (Resultados: Refrain: Vitória; Das alte Karussell: 10.º)
  • Participações anteriores: 59
  • Melhor resultado: Duas vitórias (1956: Lys Assia, Refrain; 1988: Céline Dion, Ne partez pas sans moi)
  • Pior resultado: 22.º lugar na semifinal de 2004 (Piero and the MusicStars, Celebrate)
  • Concurso de seleção nacional: Seleção interna (sem concurso)
  • Anfitriã: Duas vezes (1956: Lugano; 1989: Lausana)
  • Emissora responsável: ST
  • Representante em 2019: Luca Hänni, She Got Me

Luca Hänni:

  • Idade: 24 anos (nascido a 8 de outubro de 1994)
  • Nome civil: Luca Hänni
  • Nacionalidade: Suíça
  • Início de carreira: 2012
  • Singles: 13 (Primeiro: Don’t Think About Me, 2012)
  • Álbuns: 4 (Primeiro: My Name is Luca, 2012)
  • Géneros: Pop, Eurodance

She Got Me:

  • Géneros: Pop
  • Idioma: Inglês
  • Intérprete: Luca Hänni
  • Letra: Laurell Barker, Mac Frazer, Luca Hänni, Jon Hällgren, Lukas Hällgren
  • Composição: Laurell Barker, Mac Frazer, Luca Hänni, Jon Hällgren, Lukas Hällgren

Partilhar o artigo: