Regresso da Bósnia e Herzegovina à Eurovisão continua longe de ser possível
Créditos da imagem: jorono por Pixabay

Regresso da Bósnia e Herzegovina à Eurovisão continua longe de ser possível

24/06/2021 0 Por Bernardo Matias

Bósnia e Herzegovina saiu do Festival Eurovisão da Canção (ESC) depois de 2016 e o regresso continua a ser muito difícil. Em causa continuam os problemas financeiros.

Na altura, o país teve de sair porque a sua emissora pública BHRT tinha dívidas à União Europeia de Radiodifusão (EBU) e falta de verbas para competir. Volvida quase uma década, a situação persiste difícil.

Num comunicado enviado à N1, a emissora esclareceu: “Mesmo agora, e nos próximos anos, a BHRT coloca ao seu dispor a sua equipa de profissionais, a sua produção e capacidades técnicas. Mas, infelizmente, a BHRT não tem os meios financeiros para a participação de representantes da Bósnia e Herzegovina neste mais espetacular e caro programa de televisão no mundo”.

Uma possível via para a Bósnia e Herzegovina regressar, segundo a BHRT, seria em parceria com outras entidades, à semelhança do que acontece por exemplo na Bulgária: “Só com o apoio da economia, órgãos estatais, instituições, cidadãos e investimento conjunto numa produção poderíamos esperar rapidamente o regresso a esta competição, porque o Festival Eurovisão da Canção não é só uma competição para a melhor canção, o Festival Eurovisão da Canção é muito mais do que isso”.

Partilhar o artigo: