Revelados detalhes importantes da Eurovisão Jovens Músicos 2022
Créditos da imagem: Patrick Nouhailler/Panoramico

Revelados detalhes importantes da Eurovisão Jovens Músicos 2022

14/07/2022 0 Por Bernardo Matias

A poucas semanas do evento, foram anunciadas a ordem de atuação e as peças em exibição na Eurovisão Jovens Músicos 2022. O certame será a 23 de julho em Montpellier (França).

São nove os países a concurso, entre os quais não está Portugal. A lista de peças que serão interpretadas, assim como a ordem de atuação, foram veiculadas pela emissora belga RTBF.

Os resultados vão ser decididos por um júri de cinco pessoas: dois jurados franceses e um de cada um destes países – Albânia, Lituânia e Suíça. A Eurovisão Jovens Músicos insere-se no Festival de Musique Radio France Occitanie Montpellier.

 

Ordem de atuação na Eurovisão Jovens Músicos 2022

  1. Croácia: Ivan Petrović-Poljak – Concerto para Piano N.º 1 em Mi bemol menor, de Franz Liszt (Piano)
  2. França: Maxime Grizard – Concerto para Violoncelo, de Antonín Dvořák (Violoncelo)
  3. Polónia: Milena Pioruńska – Concerto para Violino N.º 2 em Ré menor, de Henryk Wieniawski (Violino)
  4. Alemanha: Philipp Schupelius – Pezzo Capriccioso op. 62, de Piotr Ilyich Tchaikovsky (Violoncelo)
  5. Áustria: Alexander Svetnitsky-Ehrenreich – Concerto para Clarinete N.º 2 em Mi bemol maior, 3.º movimento Alla Polacca, de Carl Maria von Weber (Clarinete)
  6. Noruega: Alma Serafin Kraggerud – Introdução e Rondo Capriccioso op. 28, de Camille Saint-Saëns (Violino)
  7. Bélgica: Thaïs Defoort – Concerto para Violoncelo em Mi menor op. 85, 1.º movimento, de Edward Elgar (Violoncelo)
  8. Suécia: Lukas Flink – Concerto para Trombone, 1.º movimento, Andante et Scherzo-Valse, de Henri Tomasi (Trombone)
  9. República Checa: Ondrej Matejca – Concerto para Violino N.º 1, 3.º e 4.º movimentos Cadenza, Allegro com brio/Presto, de Dmitri Chostakovich (Violino)

 

Júri da Eurovisão Jovens Músicos 2022

  • Presidente do júri: Müza Rubackyté: Lituânia (Violinista)
  • Christian-Pierre La Marca: França (Violoncelista)
  • Jean-Pierre Rousseau: França (Director do Festival Radio France Montpellier)
  • Nora Cismondi: Suíça (Oboísta)
  • Tedi Papavrani: Albânia (Violinista)
Partilhar o artigo: