Road to Eurovision’19: O perfil de Itália e de Mahmood
Créditos da imagem: Animacava Graphics

Road to Eurovision’19: O perfil de Itália e de Mahmood

16/05/2019 0 Por Bernardo Matias

No penúltimo país da rubrica Road to Eurovision’19, centramo-nos na Itália, que marca novamente presença no Festival Eurovisão da Canção (ESC) cujo grupo fundador integrou. Em 2019 é representada por Mahmood, com a sua canção Soldi que ganhou o Festival de Sanremo 2019.

Precisamente o certame clássico de Sanremo serviu de base inspiracional para a criação do ESC, pelo que Itália participou desde logo na primeira edição. Franca Raimondi (Aprite le finestre) e Tonina Torrielli (Amami se vuoi) foram as primeiras representantes italianas de sempre. Um dos temas mais conhecidos de sempre da Eurovisão representou Itália em 1958: Nel blu, dipinto di blu, ou Volare, na voz de Domenico Modugno, alcançou o terceiro lugar.

Os anos iniciais de Itália tiveram bons resultados e o primeiro triunfo chegou em 1964 (ano de estreia de Portugal), quando Gigliola Cinquetti cantou Non ho l’età. A mesma cantora devolveu os italianos ao pódio dez anos mais tarde com sendo segunda classificada, ao passo que um ano depois Wess e Dori Ghezzi alcançaram o terceiro posto com Era. O final da década de 1970 não foi muito bem-sucedido para Itália, sendo de registar a participação da reputada Mia Martini em 1977 que não foi além de 13.º.

Depois de três ausências (1981, 1982 e 1986), Itália teve de esperar até 1990 para celebrar a sua segunda (e até agora última) vitória. Foi alcançada por Toto Cotugno interpretando Insieme: 1992. Apesar de os resultados se manterem razoáveis no resto da década de 1990 (três top dez em quatro participações), a RAI decidiu retirar-se sem explicações após o quarto lugar de Jalisse com Fiumi di Parole em 1997.

A ausência foi prolongada e durou até 2011, quando Raphael Gualazzi assegurou um regresso em grande alcançando o segundo lugar ao cantar o tema jazz Madness of Love. Desde então, Itália tem alcançado regularmente desfechos na parte superior da tabela, falhando o top dez em apenas duas ocasiões. Além de 2011, esteve perto de vencer em 2015 com os Il Volo e a sua canção Grande amore.

A emissora RAI foi sempre responsável pela presença de Itália no ESC. O país deu mais pontos a França num total de 142, recebendo mais de Espanha (216). Refira-se que quando voltou em 2011, Itália teve direito a integrar os ‘Big 5’, uma vez que é um dos cinco países grandes financiadores da Eurovisão. Já regista duas vitórias de prémios de imprensa Marcel Bezençon (em 2015 com Grande amore dos Il Volvo e em 2017 com Occidentali’s Karma de Francesco Gabanni).

Mahmood venceu de forma surpreendente o Festival de Sanremo e acedeu ao convite para representar Itália no ESC. Aos 26 anos, o cantor Pop, R&B e Hip hop tem a chance de representar o seu país além-fronteiras. Surgiu em 2012 com a participação no X Factor Italia em que se ficou pelo terceiro episódio. Um ano mais tarde lançou Fallin’ Rain, o seu primeiro single, ao passo que em 2016 participou na classe Nuove Proposte do Festival de Sanremo.

Já mais recentemente, em dezembro de 2018, Mahmood voltou a Sanremo para o Sanremo Giovani e foi um dos dois ‘novatos’ que garantiu a vaga no Festival de Sanremo que viria a ganhar em fevereiro deste ano. Poucos dias depois lançou Gioventù bruciata, o seu primeiro álbum de estúdio. Refira-se que Mahmood interpreta Soldi, um tema Pop com ‘toques’ de Trap e Hip hop co-escrito por Dario Dardust em idioma Italiano, mas com duas linhas em Árabe.

Itália:

  • Estreia: 1956 – Franca Raimondi, Aprite le finestre; Tonina Torrielli, Amami se vuoi
  • Participações anteriores: 44
  • Melhor resultado: Duas vitórias (1964: Gigliola Cinquetti, Non ho l’età; 1990: Toto Cutugno, Insieme: 1992)
  • Pior resultado: 21.º lugar em 2014 (Emma, La mia città)
  • Concurso de seleção nacional: Festival de Sanremo
  • Anfitrião: Duas vezes (1965: Nápoles; 1991: Roma)
  • Emissora responsável: RAI
  • Representante em 2019: Mahmood, Soldi

Mahmood:

  • Idade: 26 anos (nascido a 12 de setembro de 1992)
  • Nome civil: Alessandro Mahmoud
  • Nacionalidade: Italiana
  • Início de carreira: 2012
  • Singles: 8 (primeiro: Fallin’ Rain, 2013)
  • Álbuns: 1 (Gioventù bruciata, 2019)
  • EP’s: 1 (Gioventù bruciata, 2018)
  • Géneros: Pop, R&B, Hip hop

Soldi:

  • Géneros: Pop
  • Idiomas: Italiano/Árabe em duas linhas
  • Intérprete: Mahmood
  • Letra: Dardust, Mahmood
  • Composição: Dardust, Mahmood, Charlie Charles

Partilhar o artigo: