ESC 2024 Festival Eurovisão da Canção

RTVE recusa “fracasso” de Espanha na Eurovisão 2024: “O sucesso é um acumular de muitas coisas”

RTVE recusa “fracasso” de Espanha na Eurovisão 2024: “O sucesso é um acumular de muitas coisas” Créditos da imagem: © Corinne Cumming / EBU
Partilhar o artigo:

Espanha terminou o Festival Eurovisão da Canção (ESC) 2024 na 22.ª posição, recebendo 30 pontos (19 do júri e 11 do público). Um resultado aquém das expectativas criadas em torno da canção Zorra, dos Nebulossa, e que foi o pior do país desde 2021.

No regresso da delegação a Madrid, houve uma conferência de imprensa de balanço. Citada pelo site Eurovision-Spain.com, a vocalista Mery Bas afirmou: “No dia da atuação queríamos que fosse digna. Sou muito perfecionista e ainda vejo algo a melhorar, mas as sensações foram muito boas”.

Já o seu parceiro de duo, Mark Dasousa, admitiu que o resultado foi irrelevante perante o que se ganhou com a participação: “[Parecer] que a pontuação era igual para nós, não é certo. Claro que queríamos ficar bem, mas não somos pessoas competitivas e aprendemos muito. [Um bom resultado representava] devolver-vos todo o apoio, mas reparámos que não nos importava. As pessoas gostaram da canção e do processo de tudo isto. Unimo-nos nisto, defendemos com muito orgulho, divertimo-nos e aprendemos muito”.

Também a emissora RTVE negou que o resultado tenha sido um fracasso. María Eizaguirre, diretora de Comunicação e Participação, comentou: “Ninguém em Espanha o considere um fracasso. O sucesso na sua plenitude é um acumular de muitas coisas. A candidatura de Espanha recebeu a máxima pontuação no reconhecimento. São os vencedores de tudo isto”.

Quanto à chefe de delegação, Ana María Bordas, destacou a evolução dos Nebulossa durante a participação no ESC: “Ao longo de todos os ensaios, a Mery ia crescendo no palco. O momento no qual põe o microfone para o público entrará na história. Na sala de visionamento diziam-me que não se lembravam de nada igual. Tornou-se num hino na Europa”.

Sobre o autor

Bernardo Matias

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.