Saída da República da Irlanda do JESC 2020 é definitiva; regresso apontado para 2021
Créditos da imagem: EBU/Thomas Hanses

Saída da República da Irlanda do JESC 2020 é definitiva; regresso apontado para 2021

16/09/2020 0 Por Bernardo Matias

A República da Irlanda prestou esclarecimentos sobre a sua saída do Festival Eurovisão da Canção Júnior (JESC) 2020 e descarta fazer ‘marcha-atrás’.

A emissora TG4 optou por não estar no concurso evocando as restrições governamentais a ajuntamentos e deslocações para o exterior mesmo antes de ser divulgada a lista final de participantes. Entretanto, a União Europeia de Radiodifusão (EBU) disse que estaria disposta a receber mais países.

Porém,  Laura Ni Cheallaigh, da TG4, disse ao site eurowizja.org, que a decisão é definitiva porque tudo tinha de ser fechado até julho passado: “A TG4 estava ciente de que a EBU estava a preparar planos de reserva no caso de a Eurovisão Júnior na Polónia não ser possível de realizar ao vivo. No entanto, em julho tínhamos de decidir tudo por causa dos prazos de produção aqui e do nosso processo de seleção. Decidimos que a solução mais cautelosa seria sair este ano. Esta decisão é final, mas esperamos que a República da Irlanda esteja novamente envolvida em 2021”.

Partilhar o artigo: