ESC 2023 Festival Eurovisão da Canção

Suíça admite sediar Eurovisão 2023 caso seja necessário

Suíça admite sediar Eurovisão 2023 caso seja necessário Créditos da imagem: SRF/Nina Loosli

Apesar da forte determinação da Ucrânia em fazer uso do seu direito de receber o Festival Eurovisão da Canção (ESC) 2023, não é certo que tal possa acontecer. A Suíça juntou-se à lista de países que poderá estar disponível para ser solução.

Yves Schifferle, chefe de delegação helvético, disse ao site Blick: “É claro que estamos preocupados por viajar a um país sem saber verdadeiramente como será a situação daqui a um ano. Tenho a certeza que a União Europeia de Radiodifusão [EBU] irá avaliar exatamente o quão seguro seria a competição ser realizada na Ucrânia e, se sim, quais serão os requisitos”.

Segundo o responsável, caso surja uma abordagem para o ESC 2023 ser na Suíça, então há disponibilidade para estudar o assunto: “Se existisse uma pergunta da EGU, analisaríamos se a Suíça está no sítio certo para acolher o evento. Neste momento não há conversas sobre isto”.

Para além da Suíça, também Espanha e a cidade de Estocolmo (Suécia) se mostraram disponíveis para acolherem o ESC 2023. Surgiram recentemente rumores sobre Glasgow, no Reino Unido, poder ser outra hipótese devido à ausência de agenda em maio do ano que vem. De referir que a EBU está sediada precisamente na Suíça, em Genebra.

Partilhar o artigo:
Sobre o autor

Bernardo Matias

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *