Surge apelo para Conan Osíris não ir à Eurovisão 2019

Surge apelo para Conan Osíris não ir à Eurovisão 2019

03/03/2019 0 Por Bernardo Matias

Conan Osíris ganhou este sábado o Festival RTP da Canção e consequentemente o direito de representar Portugal no Festival Eurovisão da Canção (ESC) deste ano. Apesar do consenso na final recebendo a pontuação maxmáx de júri regional e televoro já há quem peça que o artista não concorra em Tel Aviv.

De acordo com o Diário De Notícias Madeira,  o Comité de Solidariedade com a Palestina, o SOS Racismo e as Panteras Rosa apelaram a Conan Osíris no sentido de não participar no ESC como gesto de solidariedade para com artistas palestinianos.

Aquela publicação escreve que foi endereçada uma carta pelas referidas organizações a Conan Osíris. A missiva relembra que “a escassos minutos de onde terá lugar o Festival, Israel mantém um cerco ilegal a 1,8 milhões de palestinianos em Gaza, negando-lhes os direitos mais básicos”.

Fala também dos “2,7 milhões de palestinianos da Cisjordânia vivem aprisionados por um muro de apartheid ilegal” e da contínua expansão da colonização israelita “com o intuito de expulsar mais famílias palestinianas, entregando assim as terras e casas confiscadas a colonos israelitas”.

As três organizações juntam-se ao movimento internacional de Boicote, Desinvestimento, Sanções (BDS). Este denuncia o branqueamento de Israel à sua imagem por meio de expressões culturais.

Além disso define-se como meio de exercer pressão sem violência a Israel de forma ao país respeitar os direitos humanos dos palestinianos. Shahd Wadidi, porta-voz do Comité de Solidariedade com a Palestina, sustenta especificamente acerca do ESC 2019 e da questão de Conan Osíris:

– Israel está a usar a Eurovisão para branquear a opressão do povo palestiniano. É uma oportunidade para que Conan Osírisa encontre um lugar nos livros de história, juntando o seu a outros nomes ilustres nesta campanha”.

Partilhar o artigo: