2019 em revista: Preparação (e espera) para a Eurovisão 2019 na fase final
Créditos da imagem: Andres Putting

2019 em revista: Preparação (e espera) para a Eurovisão 2019 na fase final

20/12/2019 0 Por Bernardo Matias

Abril foi o quarto mês do ano e constitui, por isso, a quarta parte da rubrica ‘2019 em revista’. Os eventos pré-Festival Eurovisão da Canção (ESC) 2019 sucederam-se, foram revelados os membros dos júris nacionais, o palco começou a ser construído na Expo Tel Aviv e foram encontrados os vencedores da OGAE Poll, entre outros acontecimentos.

A segurança do ESC voltou a ser assunto, com a polícia a interromper revistas aos equipamentos atrasando os trabalhos na Expo Tel Aviv logo no primeiro dia, isto devido a contratempos com o financiamento das operações. Mas os problemas foram ultrapassados e não demorou muito até que os trabalhos de montagem do palco começassem. A 8 de abril, foi oficializada a participação especial de Madonna na final do ESC.

Foi conhecido o programa oficial de ensaios do ESC 2019, tal como foram desvendados os 205 jurados que iriam ser responsáveis por 50 por cento do resultado dos três espetáculos do certame.

Créditos da imagem: m-m-pr.com

A 6 de abril, o Eurovision in Concert reuniu mais de 30 artistas em Amesterdão naquele que é um dos eventos de lançamento mais aguardados todos os anos. Também em Amesterdão, a autarquia local mostrou vontade em receber o ESC 2020 em caso de vitória da Holanda, numa altura em que Duncan Laurence e Arcade já eram vistos como fortíssimos candidatos ao triunfo.

Igualmente em abril aconteceram as ‘festas eurovisivas’ de Londres, Moscovo e Madrid, esta última com a presença da portuguesa Suzy. Igualmente os fãs, associados das várias OGAE, elegeram Mahmood e Soldi (Itália) como os seus favoritos na OGAE Poll. Por outro lado, a Alemanha confirmou que voltaria ao ESC em 2020.

Em Portugal, nos Prémios Play Conan Osíris foi vencedor na categoria de Artista Revelação, a pouco menos de um mês de subir ao palco do ESC. Foi no mês de abril que partiu Dina, representante de Portugal no ESC 1992 com Amor d’Água Fresca. Tinha 62 anos de idade.

De referir ainda que no JESC começaram as audições dos candidatos a representar a Rússia, havendo ainda sinais de que Portugal se poderia manter pelo terceiro ano consecutivo.

Partilhar o artigo: